Canoagem Águas Bravas: Selectivas no Canal Itaipu “escolhem” atletas para o PAN e para os Jogos Olímpicos Londres’2012

Depois de muitos treinos e excelentes competições no Canal Itaipu, a selecção brasileira de Canoagem em Águas Bravas (também conhecida como Canoagem Slalom) que vai tentar o apuramento para os Jogos Olímpicos Londres’2012 começa a tomar forma.

Canoagem em Águas Bravas.JPGConsiderada a melhor pista artificial de Canoagem em Águas Bravas da América do Sul, o Canal Itaipu, recebeu os melhores atletas brasileiros das 4 categorias que compõem este ramo específico da Canoagem (K1, C1 e C2 – Masculino e K1 – Feminino).

As provas serviram para seleccionar os melhores atletas brasileiros, que em Março participarão no Campeonato Pan-Americano, prova qualificativa para os Jogos Olímpicos de Londres’2012.

Para o seleccionador Ettore Ivaldi, as provas selectivas “são muito importantes e bastante proveitosas”, pois o Brasil possui neste momento “6 caiaques masculinos em pé de igualdade, e como não podem ir todos há que fazer escolhas, há que ver quem é que está melhor, quem é que dá garantias”.

“Para além do aspecto da igualdade, há outro que nos deixa muito felizes: muitos atletas jovens já conseguiram marcas de relevo, o que nos dá uma grande esperança para os Jogos Olímpicos de 2016, onde seremos obrigados a apresentar atletas em todas as provas”, concluiu o técnico brasileiro.

O Superintendente da Confederação Brasileira de Canoagem, Argos Gonçalves Dias Rodrigues, também referiu que “este evento na Foz do Iguaçu é muito importante para o Brasil, pois o país tem reais possibilidades de se apurar para os Jogos Olímpicos de Londres’2012″, acrescentando que “o Canal Itaipu é a nossa segunda casa, conhecemos cada detalhe da pista, cada obstáculo e isso é fundamental para organizarmos uma prova selectiva como esta”.

Gonçalves Dias Rodrigues não quis deixar passar em claro que “o apoio da Itapu Binacional, que disponibilizou a pista, e do BNDES, que financiou o evento, foram fundamentais no sucesso desta prova, pois sem estas entidades, a competição estaria em risco”.

Os atletas qualificados para o PAN e que poderão estar presentes em Londres são: Pedro Henrique Gonçalves de Silva (São Paulo), João Vítor Machado (Paraná) e Ricardo Martins Taques (Paraná) em K1 Masculinos; Cássio Petry (Rio Grande do Sul), Charles Correa (São Paulo) e Leonardo Curcel (Paraná) em C1 Masculinos; Cássio Petry/Charles Correa (Rio Grande do Sul), Cassiano Alfredo/Wellington Henrique (São Paulo) e Pedro Avansi/Rafael Souza (São Paulo) em C2 Masculinos; e por fim, Ana Sátila Vargas (Mato Grosso) e Poliana Aparecida de Paula (São Paulo) em K1 Femininos.

Jornalista: João Miguel Pereira

Vídeos de Jogos -- Vídeos Mais Recentes por modalidade

 

Deixe o seu comentário